As chuvas combinadas com o tráfego de veículos de grande carga tem causado estragos nas estradas da região de Itapuã. Os moradores têm sua mobilidade comprometida e estudantes não conseguem chegar às escolas. Em meio a isso, a Prefeitura vem realizando constantes manutenções nas estradas, mas que não dão conta da sanar o problema. Para resolver isso, os secretários de Meio Ambiente, Gilberto Fraga, e da Agricultura e Abastecimento, Carlos Remi Pacheco (Canelinha), se reuniram com representantes de mineradoras do município e firmaram acordo de cooperação, na última segunda-feira, dia 27.

A força-tarefa da Prefeitura vai fazer a manutenção das estradas danificadas, com a utilização das máquinas motoniveladoras para patrolamento e as empresas mineradoras vão realizar o transporte de saibro até os trechos a serem recuperados. A parceria vai fortalecer o trabalho do Município junto à região rural de Itapuã, afetada por vários períodos de chuva.

Entenda o que ocorre em Itapuã

Segundo o geógrafo e coordenador da Defesa Civil, Teófilo Medeiros, no mês de agosto choveu 57,4 mm, na última semana. Só no dia 24, a estação pluviométrica mais próxima da região registrou um acumulado de 24,2 mm, 30% da média de chuvas para agosto. “O grande problema que ocorre nas estradas de Itapuã é que a região tem solo muito frágil, quase arenoso. Com as chuvas se precipitando, em grande quantidade e em um curto período, as estradas não conseguem suportar o tráfego, nem com as manutenções constantes da Prefeitura”, explica o geógrafo.

Com a atual situação da localidade, a Prefeitura e as empresas mineradoras elaboraram um cronograma de obras, que já está sendo executado na região. A parceria retomou os patrolamentos nas estradas da Costa do Oveiro, do Paço do Leôncio e da Pimenta, no começo dessa semana, dia 28 de agosto.